Visite
Ajoutez à vos favoris
Recommandez LB
o Louvre com a Bíblia
default.titre
default.titre
Subscreva à Newsletter !
www.louvrebible.org
Grande esfinge Nilo
Recreação O templo
Os sarcófagos
Múmia
Livro dos mortos
Os deuses
Reino Antigo e Novo
Escrita e escribas
Sala de Campana
Sala des Bronzes




 

Pé de móvel

em bronze incrustado de ouro
Com o nome do rei Apriés

E 17107 bis

589 - 570 A.E.C 

26a disnastia

Rei Apriès     N 515
sala 29 vitrina 13

 
O faraó Hofra era chamado de Apriès por Heródoto. Após a fuga dos judeus do Egipto em 607 A.E.C., o profeta Jeremias avisou sobre a iminência duma desgraça. “ Eis que entrego Faraó Hofra, rei do Egito, na mão dos seus inimigos e na mão dos que procuram a sua alma.” – Jeremias 44:30
 
A Bíblia menciona o Egipto e os seus habitantes
mais de 700 vezes.
Normalmente, é designado
pelo nome Mizraim, (Gênesis 50:11)

o que parece indicar que os descendentes
deste filho de Cam eram predominantes nesta região,também chamada em certos salmos
como o "país de Cam". 


Quanto ao nome faraó que significa “casa grande foi a Bíblia que nos deu a conhecê-lo pela primeira vez.

Por extensão o seu trabalho serviu para designar
o governante que reside no Palácio:
 
 

utilização ainda actual e comparável à Casa Branca ou ao palacio do Eliseu em Paris… O primeiro documento em que o título Faraó se justapõe ao nome próprio do rei data  do reinado de Sisaque, contemporâneo de Salomão.

Na Bíblia encontramos esta justaposição no caso de Faraó Neco (2 Reis 23:29) e Hofra Faraó (Jeremias 44:30).

 
 

 





Carte Chronologie Antiquités OrientalesCouvent Ste CatherineMaât portant la croix ansée,  symbole religieuxAntiquités Romaines Haut de page